sábado, 10 de novembro de 2018

CASA DE SANTO (Luiz Carlos Peres)



A obra está dividida em quatro partes contendo artigos escritos por Pais e Mães de Santo, Cambonas, Ogãs e demais colaboradores ligados diretamente a prática da Umbanda de Almas e Angola em Santa Catarina.

Na primeira parte os colaboradores dedicaram seus artigos as questões voltadas às instalações físicas e a organização jurídica de um Terreiro de Umbanda. Nessa primeira abordagem o Terreiro é visto em seu aspecto arquitetônico, focando na questão de engenharia, os ajustes acústicos necessários para o uso de atabaques, além da acessibilidade as pessoas com algum tipo de deficiência física com a construção de banheiros especiais. As questões jurídicas e burocráticas também são tratadas no capítulo, oferecendo ao leitor uma visão detalhada em se tratando de aspectos organizacionais.

Na segunda parte, os artigos voltam-se as pessoas que fazem o Axé, ou seja, Pai ou Mãe de Santo, médiuns e demais integrantes. Aqui são tratados temas relacionados: à presença de crianças nas atividades internas do Terreiro; as questões ligadas aos consulentes e demais frequentadores; a formação doutrinária e o desenvolvimento mediúnico, entre outros.

Na terceira parte da obra, os artigos focam em sua totalidade questões específicas ligadas ao sagrado, não deixando também de apresentar algumas características que envolvam a mitologia dos Orixás, as Entidades Espirituais, o Sincretismo, as Ervas Sagradas, Cozinha de Santo, Oráculos e limpezas espirituais.

Finalizando os capítulos, a quarta parte apresenta artigos voltados às questões que envolvem a relação direta dos Terreiros com a comunidade do entorno. Nessa parte do livro, todos os artigos focam de forma objetiva, a preocupação com as questões sociais, dando ênfase às articulações políticas. Também são apresentadas no capítulo, algumas questões voltadas aos problemas ambientais e a necessidade da inclusão de cursos de primeiros socorros em todas as casas de santo.

Por: Luiz Carlos Peres

quarta-feira, 24 de outubro de 2018

A GIRA - TRANCA RUA DAS ALMAS (Valter Norberto Ramos)



Uma obra que visa desmistificar exu através do esclarecimento, onde o nosso amigo Tranca Rua das Almas, através de médium Valter Norberto Ramos, nos relata com riqueza de detalhes uma sagrada gira de Umbanda comandada por ele. Auxiliado por outros exus e pomba-giras, todos alinhados aos princípios da Sagrada Lei de Umbanda, a caridade é prestada ao mesmo tempo que a justiça também é feita!

Por: Valter Norberto Ramos

sexta-feira, 14 de setembro de 2018

MITOLOGIA DOS ORIXÁS AFRICANOS - HISTÓRIA, CULTURA E RELIGIOSIDADE (Giovani Martins)



Mitologia dos Orixás Africanos é um livro paradidático, voltado para alunos, professores e M demais interessados pelo rico universo mítico comum à cultura e religiosidade afro-brasileira. Em sua primeira parte, da ênfase aos aspectos históricos envolvendo também questões geopolíticas, culturais e principalmente sócio econômicas. Na segunda parte do livro, o aspecto mitológico é destaque, na medida em que são elencados alguns Deuses Orixás, apresentados através de imagens, arquétipos e interessantes narrativas míticas legadas via oralidade e mantidas até hoje pelas Religiões de Matriz Africana

Por: Giovani Martins

terça-feira, 14 de agosto de 2018

PAI JOÃO DE MINAS - CAMINHOS DE UM PRETO-VELHO (Marcos Vazquez)



Um livro que levará o leitor a conhecer os mistérios divinos dessa linha maravilhosa dos pretos-velhos e seus fundamentos básicos dentro da religião de Umbanda. Através de um romance umbandista, Pai João de Minas nos conta sua trajetória desde a grande passagem para o plano espiritual e seu despertar em Aruanda.

Por: Marco Vazquez

quarta-feira, 1 de agosto de 2018

DE EXU A PRETO-VELHO - CORSÁRIO DA LEI (Daniel Luconi)



Você conhece a Lei Maior? Sabe como atua a Justiça Divina? É possível um Exu se tornar um Preto-Velho? Convidamos você a navegar por mares, ora calmos, ora conturbados, com o Corsário da Lei. Neste livro, um mercador que trazia produtos de Portugal para o Brasil se vê sem dinheiro e sem trabalho, então resolve se render ao tráfego negreiro instaurado no Brasil. 

Por conta disso, cai em um abismo profundo praticando barbáries. Após seu desencarne, sua retomada de consciência e respondendo diretamente à Lei Maior e à Justiça Divina, ele se torna um grande Exu da Lei Maior, narrando sua senda até transcender para a linha de Preto-Velho. 

A Lei Maior é implacável e, ao mesmo tempo, torna a evolução do ser possível, dando-lhe a oportunidade de reparar seus erros perante o nosso Divino Criador. Viaje com o Corsário da Lei e conheça sua grande trajetória.

Por: Daniel Luconi

sexta-feira, 20 de julho de 2018

UMBANDA E MEIO AMBIENTE (Giovani Martins)



Nesta obra, o consagrado autor Professor Giovani Martins, nos contempla com três importantes capítulos: o primeiro: O Meio Ambiente, em que são tratados assuntos pertinentes às questões mundiais que envolvem discussões, encontros e convenções realizadas, principalmente nas décadas finais do século XX, e que alertam os seres humanos para a necessidade urgente de se repensar o papel da atual sociedade de consumo e todas as implicações decorrentes do uso insustentável dos recursos naturais; o segundo: Os Orixás e a Natureza, em que são abordados aspectos voltados aos “Deuses Africanos” e suas manifestações dentro do ritos candomblecista e umbandista, mostrando, além do arquétipo de cada divindade, a relação estreita entre os Orixás e os elementos da natureza; o terceiro: A Umbanda e os Novos Paradigmas, parte em que são apresentadas as propostas de ações afirmativas, voltadas para o bem comum, dando ênfase à sustentabilidade. E, objetivando uma visão mais cosmológica, um olhar não apenas contemplativo, considerando a importância e seriedade dos temas, a obra é finalizada com a frase emblemática do Caboclo Mirim que diz: “A Umbanda é coisa séria, para gente séria!”

Por: Giovani Martins

JOGO DE BÚZIOS NO RITUAL DE ALMAS E ANGOLA (Giovani Martins)



O amadurecimento espiritual do planeta e seus habitantes possibilitaram o aperfeiçoamento das comunicações espirituais e o exercício da mediunidade promoveu mais uma forma de intercâmbio, tendo como instrumento amoroso o médium. Paralelamente ao exercício da mediunidade, os oráculos continuaram a ter sua função de ponte com o espiritual, agora especialmente apoiados na força segura da intuição.

Entre os mais variados oráculos existentes temos o jogo de búzios, oráculo do panteão africano fortemente relacionado à figura de Ifá. Tal instrumento de amor e auxílio fraterno nos coloca diante da força dos orixás, que, com alegria e disposição em auxiliar, aproximam o homem de sua verdadeira caminhada, a da evolução.

Mãos abençoadas que seguram firmemente as conchas de cauris, popularmente conhecidas como búzios, ao invocar o auxílio ancestral, colocam‑nos sob orientação das divindades. Ao abrir o portal da esperança e da autoestima, nos recolocam no caminho ao qual nos propusemos a trilhar. Assim, este livro deve ser estudado, seja o leitor iniciado ou não no culto aos orixás, como campo de possibilidades no auxílio fraterno, um lampejo que aquece os tempos frios de nossa existência.

A energia luminosa de Orunmila‑Ifá deve ser entendida como a possibilidade de recolocar o ser humano na condução de sua própria vida.

Esta obra tem o intuito de permitir o conhecimento sobre o intercâmbio por meio das conchas do conhecimento, para equilibrar a vida em suas múltiplas possibilidades.

Por: Giovani Martins