domingo, 25 de setembro de 2016

ANTES QUE A MORTE NOS SEPARE (Osmar Barbosa)




Aquilo que está vivo é uma possibilidade. Somente a morte coloca o ponto final em algumas relações. Naquelas que mais importam, eu diria. Naquelas que nos inquietam e das quais nos cabe cuidar. Ao contrário das coisas materiais, é impossível resolver relações vivas. Elas podem ser cultivadas, saboreadas, vividas, mas não resolvidas. Elas prosseguem. Nunca haverá a conversa definitiva com aqueles que a gente ama. Talvez haja a última, mas isso não se sabe. O que podemos fazer – e que talvez devamos fazer – é manter nossas relações em dia. Se alguma coisa trágica ocorrer, teremos rido juntos ontem, ou falado na semana passada sobre o filme. Talvez tenhamos discutido ao telefone – é inevitável – mas dormimos abraçados, conversando baixinho. Lembrei-me de comprar o presente no dia certo? Liguei aquela noite como prometido? Tomamos um porre medonho na sexta-feira? Conversamos longamente no carro durante a viagem? Andávamos na rua quando a chuva começou? Estivemos felizes? Estivemos bravos? Estivemos juntos? Foi bom?

Este livro traz a história de Ernâni, um estudante de medicina que após ser baleado durante um assalto fica paraplégico. Quais os desafios deste jovem rapaz? Sua namorada ficará a seu lado após o acidente? Seus pais? Seus amigos? A depressão? Como superar tudo isso e seguir em frente? Seus sonhos? Porquê essas coisas acontecem?Amigo leitor, você vai encontrar neste livro as respostas para essas e muitas outras dificuldades encontradas por Ernâni e seus familiares, Antes que a Morte os Separe.

Por: Osmar Barbosa

Nenhum comentário:

Postar um comentário