segunda-feira, 21 de agosto de 2017

ORAÇÃO - ALIMENTO DA ALMA (Ademir Barbosa Júnior)



“Oração alimento da alma – coletânea de preces de diversas tradições espirituais” (São Paulo: Anúbis, 2017, 198 pp., lançamento previsto para outubro), de Ademir Barbosa Júnior (Dermes) é um convite ao diálogo com a diversidade. Dividido em 10 capítulos ou tradições (wicca, católica, celta, indiana, umbandista, anglicana, católica, kahuna, budista, xamânica e espírita), o livro, o livro apresenta um painel sobre o contato entre o humano e o divino em vários momentos da vida e do dia.

Para o autor, “na oração, o mais importante é o sentimento, a intenção, sendo as palavras apoios, embora possam realmente estar carregadas de significado e nos antenar com a Espiritualidade, além de nos inspirar, orientar, emocionar. Ninguém barganha com a Espiritualidade, não se faz toma lá dá cá com o Plano Espiritual. Uma prece verdadeira jamais promoverá o mal ou ferirá o livre-arbítrio, assim como nenhuma tradição espiritual, religiosa, espiritualista etc. o fará sem se perder.”

Dermes costuma repetir que “o Divino é poliglota. Cada religião é uma língua. Quando aprendo a língua do irmão, em vez de perder minha identidade, posso me comunicar melhor, sempre com o sotaque do meu segmento religioso. Se falo com Deus, por que não falarei com o meu irmão? Além disso, na oração, mais importante do que falar é ouvir a resposta.”. Umbandista, Dermes escreveu há alguns anos a “Oração ao Caboclo Pena Branca” e a “Oração ao Caboclo Pena Verde”, ambas presentes no livro. Das preces elencadas, o autor destaca a “Oração do Perdão” e o “Ho’oponopono” (“Sinto muito, me perdoe, eu te amo e sou grato (a)”), ambos de tradição Kahuna, amplamente divulgados por ele. “Os efeitos terapêuticos são incríveis”, salienta o autor.

Ao abordar 10 tradições, o livro abre espaço para outras tantas a figurarem em novos títulos.

Autor com mais de 70 livros publicados, alguns com traduções para diversos idiomas, Dermes é um dos dirigentes da Tenda de Umbanda Iansã Matamba e Caboclo Jiboia (TUIMCAJ), presidida por sua esposa, a escritora e blogueira Mãe Karol Souza Barbosa. É Mestre em Literatura Brasileira pela USP, onde se graduou em Letras, professor e terapeuta holístico. Já coordenou fóruns, eventos, festas públicas e outros, congregando Umbanda, Candomblé, Pastoral Afro (Igreja Católica), MPB, Ioga, Dança do Ventre e outros segmentos. É presidente da Associação Brasileira de Escritores Afro-religiosos (Abeafro). Nasceu em Piracicaba – SP, no dia 02 de agosto de 1972. Recebeu o Troféu Abolição – Instituto Educacional Ginga (Câmara Municipal de Limeira, 27 de julho de 2012); o Diploma Cultura de Paz – Fundação Graça Muniz (Salvador, 07 de março de 2013); o Diploma Zumbi dos Palmares (Câmara Municipal de Campinas, 20/11/2014) e o Troféu 1º. Jovens do Axé (Câmara Municipal de São Paulo, 07/10/2015). Em 2014 presidiu o Fórum Internacional de Umbanda, em Leiria, Portugal. É presidente da Associação Brasileira de Escritores Afro-religiosos (Abeafro). Em 2015 foi nomeado vice-presidente do Fórum Catarinense de Umbanda e foi um dos palestrantes do 1º. Simpósio On-line de Umbanda.

Por: Ademir Barbosa Júnior

Nenhum comentário:

Postar um comentário